QUEM SOU EU

O QUE É O MATERNIZA?

Desde a gestação até os dias atuais, no mundo materno fui me identificando com assuntos com os quais considero que visam o respeito com o bebê. Desde o respeito pela hora do bebê nascer até respeito à criança na educação. Também me identifico com a busca por uma maternidade mais leve, consciente e natural. Tive a vontade de juntar todos esses assuntos em um espaço multidisciplinar e por isso criei o “materniza” , que vem da ideia de humanizar a maternidade/paternidade. Humanizar é respeitar mulher, bebê e a nossa natureza mamífera e humana. É trazer mais consciência para a parentalidade e vivenciar de forma mais leve todos os desafios que ela nos traz. Afinal, a gente se prepara para tudo na vida, do vestibular a uma entrevista de emprego, mas a maior missão de nossas vidas que é ter um filho e criá-lo, quase ningúem se prepara. Daí, alguns dos assuntos que até agora encontrei que considero que trazem mais consciência para a parentalidade foram:

- Assistência Humanizada da gestação e parto
- Amamentação em Livre Demanda
- Baby Led Weaning e Introdução Alimentar ParticipAtiva
- Disciplina Positiva
- Ciência do Início da Vida 
- Criação com apego
- Cama compartilhada
- Pedagogia Waldorf

Acredito profundamente na frase de Michel Odent que diz que “para mudar o mundo é preciso primeiro mudar a forma de nascer”. As marcas do nascimento ficam gravadas nos subconscientes dos bebês. E vou além, porque pela Ciência do Início da Vida, nós precisamos prestar atenção desde a concepção até a primeira infância, pois é quando praticamente todo o cérebro se forma. Se queremos acabar com violência, corrupção e coisas ruins que acontecem no mundo, precisamos voltar nossos olhares para esses primeiros anos. Por isso sou super interessada em estudar esses assuntos citados e obter mais informações. Mensalmente coordeno, junto de mais parceiras, um grupo de apoio com rodas de conversas na Barra para gestante, puérperas e suas famílias, chamado Gaia. Caso queiram saber datas das rodas, acompanhe o perfil @materniza e @gaia.rj  no Instagram e Facebook ou peça para fazer parte do grupo do Facebook no link https://www.facebook.com/gaia.rj .

Meu nome é Luiza de Avellar. Antes de ser doula, educadora perinatal e consultora em aleitamento materno, sou mãe do Luiz Fernando, mais conhecido como Fernandinho, que nasceu em 2016. Sou também designer gráfica. Minha história com partos começa na minha adolescência, quando conversava com minhas amigas sobre parto e todas falavam que teriam cesárias. Eu ficava inconformada, pois vim de uma família que todas as mulheres tiveram partos normais (que hoje sei que foram anormais). Buscava artigos sobre parto e enviava para minhas amigas, mas elas ainda não ligavam para esse assunto. Mais tarde, trabalhando como designer em uma grande empresa, comecei a assistir, na hora do almoço, vídeos de parto humanizado.

Quando engravidei, em 2015, não tive dúvidas: optei pelo parto domiciliar, porque além de sempre ter sido uma pessoa que busca tudo de mais natural na medicina, também sempre corri de hospital. Pra mim, hospital é para doença, e gravidez e nascimento é pura saúde, é VIDA!  Tive um parto dos sonhos, com doula e Enfermeiras Obstetras (EOs), não tive problemas com a amamentação e tudo foi muito natural para mim.

Comecei a passar informação para conhecidas. Em uma visita pós parto das minhas EOs, comentei brincando que estava ajudando tanta gente que ia virar doula. Elas, junto do meu marido, é que me fizeram enxergar que esse era o meu caminho falando: “Lu, porque você não faz o curso de educadora perinatal? Tem tudo a ver com você que gosta tanto de estudar evidências científicas e ajudar pessoas.” Eu sempre gostei de design, mas nunca me senti realizada, além de sempre ter tido o romântico sonho de fazer algo para melhorar o mundo, mas nunca soube como. Por isso digo que o nascimento do meu filho me trouxe muita luz e redescobertas, porque me deu o “clique” para o caminho certo pra mim. Hoje escuto de todos que me conhecem que dá pra ver que nasci para isso, pois sempre fui a “mâe” de todos. Desde criança tinha aquela coisa maternal de cuidar das pessoas, de querer resolver todos os problemas e ajudar a todos. Me formei em 2017 como doula e educadora perinatal e em 2018 fiz o curso de Consultora em Amamentação. 

  • Instagram - Black Circle
  • Facebook Black Round

Instagram: @materniza

Facebook: /espacomaterniza

Email: espacomaterniza@gmail.com

Tel: 21 99875-0848