Buscar
  • Luiza Avellar

Acessórios para a amamentação

Jogue fora as conchas, os bicos de silicone, bolsas térmicas, mamadeiras, esterilizadores de microondas e sutiãs que apertam. Brincadeiras à parte, alguns desses itens podem até ser considerados dependendo do caso da lactante, mas você só descobrirá isso com a prática. Se não for necessário, usar esses itens por atrapalhar tudo. Portanto, não compre e nem coloque na lista do enxoval.


As conchas são conhecidas por projetar o mamilo para frente, ajudando aquelas mulheres que têm bico plano ou invertido. Porém, algumas dessas mulheres descobrirão quando o bebê nascer que o estímulo que ele faz no peito pode fazer uma protrusão sozinho. Mesmo que não aconteça, existe um outro acessório que funciona muito melhor do que as conchas e não traz os riscos que esta traz. As conchas podem traumatizar o mamilo. Além disso pressionam os ductos, podendo causar um entupimento deles e um engurgitamento mamário.


Algumas mulheres usam a concha com outro propósito. Quando o mamilo fica ferido (por causa de uma má técnica e pega incorreta) a mulher sente mais conforto colocando a concha para não deixar o peito ter contato com o sutiã, mas para isso também temos uma solução muito melhor e que não gera risco de candidíase mamária. A concha cria um ambiente úmido e abafado, que junto das fissuras, são porta de entrada para fungos e bactérias.


Quanto ao bico intermediário de silicone, não existe comprovação que sejam e nem garantem produção de um bom volume de leite (pois o bebê não extrai o leite da melhor forma que ele poderia e isso faz com que estimule menos a produção). Eles servem para facilitar a pega, mas uma consultora pode tentar diversas técnicas para fazer com que um bebê que tenha muita dificuldade de ir para o peito consiga ter sucesso. Em últimos casos utilizamos o bico (às vezes prematuros com sucção fraca e mamilos muito difíceis para o bebê), mas orientamos uma forma de ir retirando aos poucos.


Esterelizadores não são mais necessários. Hoje já se sabe que basta uma boa lavagem com água limpa e sabão. Também são contraindicados os discos em gel ou qualquer outro tipo de compressa. Compressas frias inibem a produção e compressas quentes, apesar do alívio, a estimulam e tendem a fazer uma bola de neve, pois se você usa para eliminar caroços e aliviar mastite, quando aumenta a produção esses sintomas voltarão talvez até mais fortes, fora o risco de queimar a pele.


Os sutiãs que apertam muito, principalmente aquele em forma de triângulo, também pressionam os ductos e podem causar o entupimento e o engurgitamento. Procure os que dão uma boa sustentação, mas que sejam inteiriços na hora de abrir para amamentar, ou um top com decote em “V” que facilite a amamentação.


Mamadeiras e quaisquer bicos artificiais já estão mais que comprovados que podem fazer confusão de bicos, além de diversos outros malefícios, porém não entrarei em detalhes pois é um assunto extenso e que pretendo escrever um texto só sobre isso.


Mas se nada disso está indicado, então Luiza, me diga, o que eu preciso comprar?

Você pode ter uma bomba para tirar leite. Se ela será manual ou elétrica também é assunto para outro texto, pois depende dos seus objetivos e da sua adaptação. Tem mulheres que se adaptam melhor até com ordenha manual. Porém, é legal ter uma bomba em casa porque mesmo que você não tenha que um dia voltar a trabalhar ou sair sem a criança, nunca se sabe se de repente você pode precisar e não ter. De qualquer forma evite usar nas primeiras semanas que é o período de adaptação e estabelecimento da amamentação, a não ser que no seu caso seja necessário sair sem o bebê ou até aumentar a produção de leite, pois se estiver fazendo livre demanda e tiver uma boa produção de leite, a bombinha irá aumentar ainda mais essa produção, podendo gerar uma mastite, ingurgitamento e entupimento de ductos. Converse com uma consultora sobre isso.


A pomada de lanolina pura é uma boa aquisição, porém, não precisa comprar vários tubos. Você só vai usar SE seu mamilo ficar ferido e é só um grãozinho de arroz, pois o excesso também pode obstruir os ductos. Passe sempre primeiro o seu próprio leite que é um excelente cicatrizador, e depois só um pouquinho mesmo dessa pomada.


Os absorventes você pode até comprar, mas nem todas as mulheres terão uma produção a ponto de ficar vazando leite e marcando roupas. Nesse início a mulher fica normalmente muito em casa e não tem porque ficar usando, a não ser que esse vazamento esteja a incomodando. Se usar, fique atenta em trocar o absorvente sempre que já estiver úmido, pois já sabemos que ambiente úmido e abafado chama Candidíase.


Se você tem um seio de médio a grande, cogite a hipótese de adquirir uma tipoia de peito. Ela dará uma sustentação ao seio sem fazer com que uma de suas mãos fique ocupada para isso. Dependendo do caso é um item essencial, pois alguns bebês podem ter dificuldades em manter a pega em uma mama muito grande (sérios médios podem ser tornar grandes porque quando o leite desce aumenta bem de tamanho). Você pode comprar pronta ou improvisar com uma fralda de ombro.


Para as fissuras, em vez da concha você pode comprar ou fazer improvisando uma rosquinha como a da foto. Também deixará o mamilo fora do contato com o tecido da roupa/sutiã só que sem deixar o ambiente úmido e fechado, além de ser muito mais confortável do que um pedaço de plástico pressionando seu peito.


Para os bicos planos e invertidos que não saem com o estímulo do bebê, existe o Latch Assist e as seringas, que puxam esse mamilo na hora que for colocar o bebê. Normalmente, depois de muitas vezes fazendo isso e o bebê mamando, o mamilo passará a ficar protruso.

Por fim, tenha uma boa almofada de amamentação, que realmente dê sustentação para o bebê e para você também, porque é fundamental que você também se sinta confortável.



0 visualização
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook Black Round

Instagram: @materniza

Facebook: /espacomaterniza

Email: espacomaterniza@gmail.com

Tel: 21 99875-0848