Buscar
  • Luiza Avellar

Cenário obstétrico Brasileiro

Vocês tem ideia de como é difícil conseguir um parto com respeito no Brasil? Um parto “humanizado” como dizem por aí. Eu particularmente não tenho gostado de usar esse termo pq as pessoas entendem errado. Mas oq eu quero dizer é: vc sabe como é difícil conseguir um parto onde a fisiologia humana seja respeitada, onde a mulher consiga ter a autonomia e onde a segurança materno/fetal seja priorizada de acordo com as evidências científicas? . Num país onde os partos normais são extremamente violentos para vender cesárea. Um país que muitas mulheres tem medo do parto normal por causa das atrocidades que a gente escuta. E por outro lado, também vemos muitas mulheres querendo um parto normal, porém sendo enganadas pelo sistema e sendo levadas para cesáreas desnecessárias. . Mas sabe quem mais sofre com isso? São as mulheres negras. As mulheres periféricas. Sem acesso à informação com a facilidade que outras possuem. Elas são direcionadas para seus hospitais de referência no SUS e são as q mais sofrem com violências obstétricas físicas e verbais. E ainda sim, a taxa de cesárea é alta no SUS (em torno de 40% quando o ideal é não passar de 15% pela OMS). . Médicos de plano recebem uma miséria para assistir um parto. Com isso, não se atualizam, não querem mais atender parto vaginal, pq demora. Alguns nem se sentem seguros mesmo por não ter experiência. Não da pra culpar os médicos. A culpa é do sistema todo por trás da baixa qualidade de atendimento no SUS e dos planos de não remuneram de forma justa os profissionais. . Como fugir disso? Buscando MUITA informação. Por isso a gente brinca q ser mãe no Brasil precisa fazer quase uma faculdade. Procurando uma doula. Uma doula consegue te mostrar as melhores opções na cidade q vc se encontra. Aqui no RJ por exemplo,as opções são: . 1️⃣ médicos particulares humanizados - pra minoria que consegue pagar ou consegue reembolso do plano 2️⃣ parto domiciliar - pra quem consegue pagar e tem uma gestação de baixo risco 3️⃣ casa de parto 4️⃣ alguns poucos hospitais do SUS, apesar da crise do RJ, ainda são uma opção se a mulher e acompanhante estiverem muito informados e conscientes da escolha . Então, oq falta pra você correr atrás?




0 visualização
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook Black Round

Instagram: @materniza

Facebook: /espacomaterniza

Email: espacomaterniza@gmail.com

Tel: 21 99875-0848